segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Os observadores associados da CPLP

A comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Em 1989, foi criado o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), com a intenção de unir 7 países que compartilhavam uma herança histórica, cultural e um único idioma.
Estava dado o primeiro passo para a criação da CPLP. Finalmente, em julho de 1996 durante uma reunião de Chefes de Estado, decidiu-se criar a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
 
A CPLP é formada por oito países: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e é composta de aproximadamente 240 milhões de pessoas distribuídas em quatro continentes somando uma  área de aproximadamente 10.708.674 km quadrados.

A CPLP tem carater político e diplomático com o objetivo de fortalecer a língua portuguesa e as alianças entre os oito países em prol do desenvolvimento nas áreas da educação, cultura, ciência, tecnologia, agricultura, comunicação, esportes, justiça e mais recentemente a saúde. 

No entanto, no mundo globalizado, almeja-se uma cooperação para além dos oito países e abriu-se as portas para que outros países pudessem fazer parte da CPLP como Observadores Associados e Observadores Consultivos.

Mas para ser Observador, o país tem que desfrutar dos mesmos princípios que norteiam a CPLP, especialmente a promoção da democracia, direitos humanos e boa governaça. E sua condição de observador tem que ser pleiteada e aceita pelos oito Estados Membros.

Neste momento, a CPLP tem 3 observadores associados:
República da Guiné Equatorial
República das Ilhas Maurícios
República do Senegal


Em 2007, a República da Guiné Equatorial deu um passo importante para ser um verdadeiro membro da CPLP quando adotou o português como idioma oficial, ao lado do francês e o espanhol.

 
Deve-se ressaltar que muitos outros países ou regiões pleiteiam o estatuto de Observador Associado, são eles:
Andorra, Marrocos, Filipinas, Galicia, Malaca, Croácia, Romênia, Ucrânia, Indonésia e Venezuela.
 
Saiba mais sobre a CPLP em: 
http://cienciahoje.uol.com.br/revista-ch/2010/273/o-que-se-quer-com-a-cplp

Um comentário:

Clavis disse...

Debate "CPLP nos Media e na Blogoesfera"
Sábado, 19 de Março · 16:00 - 19:00
Sede do MIL
Rua Mouzinho da Silveira, 23, 1250-166 Lisboa
Lisbon, Portugal

www.movimentolusofono.org