Monday, February 11, 2013

Origem do Carnaval

Fonte da imagem
O Carnaval é uma festa que se originou na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C.

Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção agrícola.

Anos mais tarde e com o avanço do cristianismo, a Igreja Católica começou a combater todas as festas e manifestações pagãs, e com a impossibilidade de exterminar a sua prática, acabou por incorporá-las às suas crenças como o Natal e o Dia de Todos os Santos.
Fonte da imagem
 No entanto, entre todas as festividades, o Carnaval foi uma das poucas a manter suas origens profanas.
O Carnaval passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C.

A etimología da palvara carnaval ainda é controversa. O historiador brasileiro Dr.Hiram Aráujo no seu Livro "Carnaval – seis mil anos de história”, afirma que em 590, o Papa Gregório I, O GRANDE regulamentou as datas do Carnaval, e criou a expressão - “dominica ad carne levandas” - que significava (domingo não se come carne) que foi sucessivamente sendo abreviada até a palavra Carnaval.
Outros pesquisadores citam a origem vinda do latim medieval “carnevale” (adeus a carne).

Fonte da imagem
Escultura de Ernesto Biondi
Comemorava-se então o Carnaval, período que antecedida a Quaresma, ou seja, os 40 dias entre a quarta-feira de Cinzas e o domingo de Páscoa. A Quaresma deveria ser o período de penitência e jejum para preparar o corpo e a alma para a Páscoa. Por isso, nos dias que antecediam a Quaresma, a população se dedicava aos prazeres da carne “carnis vales”, sendo que “carnis” significa carne e “vales” prazeres.

Carnaval comemorado na Antiga Roma era marcado por celebrações em busca dos prazeres e brincadeiras. Todos os negócios eram suspensos, os escravos eram libertados no período, as pessoas trocavam presentes, elegia-se um Rei de mentira que saia em cortejo pelas ruas da cidade e as restrições morais eram relaxadas.

Já na época do Renascimento (entre o século XIII e século XVII), incorporaram-se fantasias e bailes de máscaras e bailes ao Carnaval.

William-Adolphe Bouguereau - O Jovem Baco (1884)
No Brasil o Carnaval foi introduzido pelos portugueses por volta do século XVI com o nome de Entrudo que significa os três días que precedem a entrada da Quaresma.

O Entrudo era uma festa popular em que as pessoas divertiam-se lançando farinha, baldes d’água, limões de cheiro, entre outras coisas, nos outros. No entanto, o Entrudo entrou em declínio em 1854, por repressão policial, dando lugar então, ao moderno Carnaval que incorporou um pouco de todas as épocas....

Fonte da Imagem
O Carnaval de hoje é grandioso e é mesmo considerado o maior espetáculo da Terra.

No Brasil por exemplo, as Escolas de Samba do Rio de Janeiro, com suas majestosas fantasias, suas orquestras de percussão, seus lindos sambas enredo e seus animados componentes dançando, encenando e cantarolando, contam através de suas músicas e seu rítmo, histórias e mitos de todas as culturas, de todos os povos e de todas as épocas.

Fonte da Imagem
Uma Escola de Samba desfilando pode ser considerada como uma imensa Opera Tropical mostrando a grandiosa aventura humana. O samba harmonioso fala da arritmia natural da vida unindo diferenças. Ocidente e Oriente, o perto e o longe, todos os continentes, todos os sotaques, todas as cores e todas as caras numa única sintonia.

É um teatro que celebra a vida. A epopéia humana.contada em versos, carne, suor e samba.

Além do Carnaval visto pela ótica das Escolas de Samba, dos blocos, dos clubes e tantos outros, existe tambem o carnaval de rua.

Fonte da Imagem
O carnaval das pessoas que se encontram de forma espontânea como espontâneos sorrisos que pululam do fundo da alma, e unidas, caminham festejando por todos os cantos da cidade como numa grande rede social da alegría.

O Carnaval de rua é como um um imenso “facebook da vida real” onde as pessoas com um simples sorriso, mandam solicitacões de amizade que são aceites instantâneamente, e na eternidade daquele instante todos se cutuc@m, se curtem, se carnavalfraternizam.... CarnavaLOL

O Carnaval da Bahia, o estado brasileiro mais africano, é também a maior festa de rua do planeta.
Fonte da Imagem

Ô abre alas que eu quero passar… Bom Carnaval !!!


Aldo Argolo (WHO Press)