Wednesday, September 11, 2013

12 de setembro - Dia das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul

Laços Sul-Sul

Para quem ainda não sabe, a cooperação sul-sul é um processo de cooperação entre os países em desenvolvimento. 

Essa cooperação permite que haja trocas econômicas, científicas, tecnológicas, políticas e culturais para promover um crescimento econômico e um desenvolvimento sustentável dos países do Sul Global.


O termo "sul" se deve ao fato de grande parte desses países se localizarem no hemisfério sul, embora vários deles se localizem parcial ou integralmente no hemisfério norte


Basicamente, a cooperação Sul-Sul inclui países da África, Ásia e América Latina, além dos pequenos países do Caribe e da Oceania.


Norte Global e Sul Global


A cooperação Sul-Sul teve início com o processo de descolonização, ainda no contexto da Guerra Fria, entre o fim da Segunda Guerra Mundial e os anos 1970Era "Sul-Sul" toda relação entre os países que tinham acabado de ficar independentes, a maioria deles em estágio de extrema pobreza

Isso se dava em contraste com as relações das ex-colônias com as potências (Norte-Sul) e entre os próprios países industrializados (Norte-Norte), fossem eles socialistas ou capitalistas. 

Em 1978, a ONU criou a Unidade de Cooperação Sul-Sul para promover o comércio Sul-Sul e a colaboração dentro de suas agências. No entanto, a ideia de cooperação Sul-Sul só começou a influenciar o desenvolvimento na prática no final dos anos 1990


Cooperação Sul-Sul
A cooperação Sul-Sul tem conseguido diminuir a dependência dos países do Sul Global em relação aos programas de ajuda dos países desenvolvidos, promovendo uma mudança no jogo de poder internacional.


Um dos principais objetivos da cooperação é fortalecer e melhorar as relações econômicas entre os países em desenvolvimento. Algumas das áreas em que as nações do Sul esperam melhorar são os investimentos conjuntos em energia e petróleo, o comércio diversificado e a criação de um banco comum.

Outra área em que alguns dos líderes do Sul pretendem ver maior evolução é na arena política. Para eles, a cooperação deveria dar aos subdesenvolvidos maior poder político quando se trata de arena global.

Independentemente de um contínuo interesse de muitos países da África e da América do Sul, a cooperação Sul-Sul ainda enfrenta grandes desafios. Um exemplo é a falta de capital suficiente para fundar um "Banco do Sul" como alternativa para o FMI e o Banco Mundial.

A crítica mais evidente é que há apenas algumas vozes ainda ouvidas. Essas vozes são, muitas vezes, partidas dos países relativamente ricos e mais poderosos do Sul (como Brasil, a África do Sul, o Irã e a Venezuela).
Os países em desenvolvimento têm a responsabilidade de promover e implementar a cooperação Sul-Sul. Essa cooperação não deve ser vista como um substituto à cooperação Norte-Sul, mas sim como um complemento.

Bibliografia:
http://www.un.org/en/events/southcooperationday/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cooperação_Sul-Sul
http://www.unicrio.org.br/dia-cooperacao-sul-sul-12-de-setembro-2012/

No comments: