Friday, September 27, 2013

Monumento tombado pela UNESCO: Sidadi em Cabo Verde

Sidadi ou cidade velha é o berço histórico do Concelho de Ribeira Grande, a 15 quilômetros a oeste da cidade de Praia, ao sul da ilha de Santiago, a maior ilha do arquipélago de Cabo Verde. 

Trata-se da primeira cidade construída pelos europeus nos trópicos e na primeira capital de Cabo Verde.

Em 10 de junho de 2009 foi classificada como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo
Devido à sua história e seu valioso patrimônio arquitetônico, em 26 de junho do mesmo ano foi classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade.

A cidade foi fundada em 1462, apenas dois anos após a chegada dos navegadores portugueses à ilha de Santiago, primeira das ilhas do arquipélago de Cabo Verde a ser descoberta. 

Além de ser a primeira cidade fundada por europeus ao sul do deserto do Saara, foi ainda a sede da primeira diocese da costa ocidental africana, solicitada pelo Rei D. João III de Portugal ao papa Clemente VII em 1532, e instituída pela bula ''Pro excellenti'' no ano seguinte.


Na Cidade Velha encontra-se a mais antiga igreja colonial do mundo, erguida em 1495, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em estilo manuelino 
(gótico português). 


Em 1520 foi erguido o pelourinho da cidade, ainda hoje conservado como monumento. Em meados do século XVI, a Cidade Velha compunha-se de cerca de 500 edifícios de pedra e cal, onde se destacava um extenso conjunto de edifícios religiosos: a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, única que chegou aos nossos dias, a Igreja de São Roque, hoje descaracterizada, e as desaparecidas Igreja de São Pedro, Igreja de Monte Alverne, Igreja de Nossa Senhora da Conceição, e Ermida de Santa Luzia. A Sé Catedral da cidade começou a ser erguida em 1555, sendo concluída em 1693, quando a cidade já tinha perdido muito de sua importância. Foi saqueada e severamente danificada por piratas franceses em 1712.

Sua localização no arquipélago sempre foi de grande valor estratégico, como ponto de apoio nas rotas marítimas para a América e para o sul de África, permitindo o reabastecimento de água e de alimentos frescos, e as reparações navais. Foi porto de escala de dois grandes navegadores: Vasco da Gama, em 1497, em sua viagem de descoberta do caminho marítimo para a Índia, e Cristóvão Colombo, em 1498, em sua terceira viagem para as Américas.

A sua localização privilegiada, na foz de um vale protegido dos ventos dominantes durante a maior parte do ano, fez também com que a ilha servisse ainda como laboratório onde se experimentavam e aclimatavam diversas espécies agrícolas e animais, europeias ou africanas. Estas espécies foram introduzidas em todo o continente americano, e outras, oriundas deste, transitaram para a África e a Europa, razão pela qual os primeiros bovinos e caprinos introduzidos na Argentina provêm de Ribeira Grande.

Durante um século e meio, a importância política de Cidade Velha baseou-se no poder econômico dos seus habitantes. Foi para proteger esta base reputada pelo seu comércio próspero que foram construídos vários fortes nos locais estratégicos, nos promontórios mais avançados no mar e nos sítios mais elevados da cidade. Em 1593 terminou-se a construção de uma das fortalezas mais imponentes da época, a Fortaleza Real de São Filipe.


As estradas, as ruelas e as praças pavimentadas contribuem para a harmonia da cidade. A topografia e o número limitado de veículos fazem da Cidade Velha uma cidade quase exclusivamente para pedestres, permitindo um passeio tranquilo nas ruas pavimentadas. Os diversos muretes de pedra, muitas vezes à sombra, e os bancos integrados nas paredes das casas são espaços de confraternização que convidam ao sossego.

Você sabe quais são as Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo?

1 - Fortaleza de Diu, em Diu, Índia;          
2 - Fortaleza de Mazagão, em Mazagão, Marrocos;         
3 - Basílica do Bom Jesus de Goa, em Goa, Índia;
4 - Cidade Velha de Santiago, em Santiago, Cabo Verde;               
5 - Igreja de São Paulo, em Macau, China;
6 - Igreja de São Francisco de Assis da Penitência, em Ouro Preto, Brasil;
7 - Convento de São Francisco e Ordem Terceira, em Salvador, Brasil.     

No comments: