Thursday, October 03, 2013

A Mortalidade de menores de 5 anos diminuiu nos últimos 10 anos nos países de língua portuguesa

Criança menor de cinco anos
Segundo a OMS, todos os países de língua portuguesa registraram diminuição da mortalidade de crianças menores de cinco anos nos últimos 10 anos, uma das Metas de Desenvolvimento do Milênio.

Unicef
Em setembro, o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) divulgou que cerca de 90 milhões de crianças foram salvas em todo o mundo, nas últimas duas décadas. 
Mais especificamente, o total de mortes de crianças menores de cinco anos caiu pela metade: de 12,6 milhões em 1990, para 6,6 milhões em 2012. 

Esta redução ocorreu principalmente devido à melhoria no saneamento, acesso à água potável, nutrição, educação das mães e acesso à serviços de saúde.

De acordo com a OMS, a diminuição da mortalidade de menores de 5 anos nos países de língua portuguesa foram:

Em Angola, a mortalidade caiu de 243 óbitos por cada mil nascidos vivos no ano 1990 para 158 em 2011 (Situação Mundial da Infância, 2013) . A diarreia e a pneumonia, que representavam, cada uma, 20% das causas de morte, agora representam  15% e 17% respectivamente (World Health Statistics 2013).

O Brasil reduziu a mortalidade de 58 para 16 mortes por mil nascidos vivos, uma redução de cerca de 25% entre 1990 e 2011 (Situação Mundial da Infância, 2013).

Cabo Verde - a mortalidade de menores de 5 anos caiu 58 para 21 (Situação Mundial da Infância, 2013).

Guiné-Bissau - a mortalidade de menores de 5 anos caiu 210 para 161 (Situação Mundial da Infância, 2013).

Moçambique - a mortalidade de menores de 5 anos caiu 226 para 103 (Situação Mundial da Infância, 2013).

Portugal  - a mortalidade de menores de 5 anos caiu 15 para 3 (Situação Mundial da Infância, 2013).

Em São Tomé e Príncipe -  a mortalidade de menores de 5 anos caiu 96 para 89  (Situação Mundial da Infância, 2013)A malária, que era responsável por 21% dos óbitos em 2000, caiu para 14% em 2010 (World Health Statistics 2013).

Timor-Leste - a mortalidade de menores de 5 anos caiu 180 para 54 (Situação Mundial da Infância, 2013).

O relatório do Unicef cita pneumonia, diarreia e malária como as principais causas de morte entre os menores de cinco anos. Por dia, cerca de 6 mil crianças no mundo morrem por essas doenças.



Criança sadia

Esta é certamente uma causa para celebrar! Mas é caso também para refletirmos e agirmos com urgência, porque se não fizermos isso, 35 milhões de crianças ainda correm o risco de morrer.

Para ler as Relatório Global de Estatística da OMS de 2013, clique aqui


Meta 1: Erradicar a pobreza extrema e a fome
Meta 2: Atingir o ensino primário universal
Meta 3: Promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres
Meta 4: Reduzir a mortalidade infantil
Meta 5: Melhorar a saúde materna
Meta 6: Combater o HIV/Aids, malária e outras doenças
Meta 7: Garantir a sustentabilidade ambiental
Meta 8: Estabelecer uma Parceria Global para o Desenvolvimento


Bibliografia:

http://www.unicef.org/media/media_70353.html

No comments: