Wednesday, July 30, 2014

Novo impulso contra a Hepatite

A Assembléia Mundial de Saúde: combate a Hepatite

Vários progressos na luta contra uma das doenças mais graves do mundo tem ocorrido em 2014. Durante a Assembléia Mundial da Saúde desde ano, 194 países aprovaram uma resolução para intensificar os esforços para prevenir, diagnosticar e tratar a hepatite viral. A resolução exige uma ação de desenvolvimento de estratégias nacionais contra a hepatite.

Assembléia Mundial da Saúde- OMS
Composta por ministros da saúde e outros representantes de todos os Estados Membros da OMS, foram destacados vários aspectos, como:
  • Importância do Teste da Hepatite 
  • Investimento em estratégias de prevenção eficazes
  • Acesso a injeções e transfusões de sangue
  • Vacinação contra a hepatite A e B
  • Acesso a medicamentos a preços acessíveis para tratamento para a hepatite C crônica e infecção por hepatite B

      A maioria das pessoas com hepatite não sabem que estão infectadas, pois, muitas vezes, os sintomas só aparecem décadas mais tarde associados à doenças graves do fígado.


http://www.savk.org.br/fique_hepatite.htm

Inovações na resposta hepatite

Um dos desenvolvimentos mais significativos para a saúde pública tem sido os grandes avanços no tratamento da hepatite C crônica. Novos medicamentos têm mostrado potencial para transformar o tratamento da hepatite C, representando tratamentos seguros e simples e, resultando em taxas de cura superiores a 90%. Porém, ainda permanece um grande desafio fazer com que estes tratamentos estejam disponíveis e acessíveis às populações mais necessitadas.

A OMS tem intensificado seu apoio aos países para expandir os programas de prevenção e tratamento da hepatite. Em abril deste ano, a organização divulgou novas diretrizes para a triagem, atendimento e tratamento de pessoas com infecção por hepatite C. A OMS está agora desenvolvendo novas diretrizes para a prevenção e tratamento da hepatite B.


http://saude.consultaclick.com.br/-acesso-a-vacina-contra-hepatite-
"O aumento do acesso ao tratamento curativo para as hepatites B e C e a expansão de programas de  vacinação contra hepatite B, e outras estratégias de prevenção, podem  oferecer oportunidades reais para salvar vidas e evitar o sofrimento", diz o Dr. Gottfried Hirnschall, Diretor do Departamento de HIV, a OMS. 


Exemplos pelo mundo

EGITO


No Egito, o vírus da Hepatite C mata cerca de 40 000 egípcios por ano e pelo menos 1 em cada 10 egípcios entre 15 e 59 está infectado.

A epidemia da Hepatite C no Egito remonta de décadas atrás, num época em que seringas de vidro, durante uma campanha de vacinação em massa, não foram devidamente esterilizadas entre um uso e outro, explica o Dr. Manal Hamdy El-Sayed do Comitê de Hepatites Virais Nacional do Egito. "Este reservatório de infecção foi sustentado por anos porque não havia consciência e nenhum esforço para controlar a propagação", diz ela.

Com a elaboração de um plano nacional, o Egito tem dado forte ênfase na prevenção já que 8 de cada 10 novas infecções ocorrem em hospitais e clínicas do Egito. O país está trabalhando para melhorar a formação dos profissionais de saúde afim de controlar de infecção. O objetivo é acabar com as práticas médicas inseguras como a reutilização de agulhas e outros dispositivos médicos que devem ser descartados após o uso. 

CHINA



Um terço dos casos crônicos de hepatite encontram-se na China, muitas vezes, associado ao HIV, Tuberculose e Malária.



Esta proporção é extremamente alta quando comparada com o resto do mundo. A falta de conscientização pública e de conhecimento da doença pelo infectado contribuem para o desenvolvimento da  hepatite cronica que pode desencadear uma cirrose ou  câncer de figado.
   
Cerca de 93 milhões de pessoas morrem todos os anos na China por infecções cronicas, sendo o câncer de figado a 2° maior causa de morte no país.

Para suprir as lacunas em relação ao controle e prevenção da doença, politicas estão sendo criadas por organizações em parceria com a OMS e o governo Chinês para educar e instruir a população e profissionais de saúde, ampliar a vacinação. A vacinação pode prevenir ate 8,2 milhões de pessoas de manisfestarem a doença cronica.

Hepatite

http://www.who.int/mediacentre/news/releases/2014/viral-hepatitis/en/
http://knowhbv.org/knowhbv.org.html
http://www.who.int/features/2014/egypt-campaign-hepatitisc/en/
http://www.savk.org.br/fique_hepatite.htm





No comments: