Monday, October 13, 2014

Mudanças Climáticas: uma oportunidade para a Saúde Pública - Fatos


Os participantes da primeira conferência da OMS sobre Saúde e Clima.
Foto: WHO/Violaine Martin


#Saúde&Clima
De 27 a 29 de agosto de 2014, a Organização Mundial da Saúde (OMS) organizou  a conferência global sobre saúde e clima.

Foto: WHO/Violain Martin

A OMS reuniu 400 delegações de todas as seis regiões (AFRO, AMRO/OPAS, SEARO, EURO, EMRO, WPRO) - incluindo autoridades governamentais de vários países, cientistas líderes nas áreas de Clima & saúde, e parceiros de desenvolvimento.


Fonte


Foto: WHO/Violaine Martin




As discussões contribuíram de maneira importante, clara e forte, para enfrentar as crescentes preocupações à respeito das mudanças climáticas, e em especial, a necessidade de desenvolver ações rápidas para diminuir os problemas gerados pelo aquecimento global.

As mudanças climáticas criam "riscos inaceitáveis" à saúde pública global destacando a escassez de água às mudanças no padrão das doenças.

Fatos:


Fonte 
O maior número de enchentes facilita a transmissão de doenças causadas por picadas de mosquitos, como a malária e a dengue.




Fonte
Apenas em 2012, a exposição a poluentes, dentro e fora dos ambientes fechados, foram responsáveis por 1 em cada 8 mortes no mundo.

Fonte

O aumento das temperaturas do planeta e os padrões variáveis de precipitações reduzem as colheitas e consequentemente compromete a segurança dos alimentos e promove a desnutrição. A falta de alimentos já contabiliza 3 milhões de mortes a cada ano nas regiões mais pobres do mundo.

Fonte
As mudanças climáticas causarão 250.000 mortes/ano adicionais entre 2030 e 2050 e a maioria das pessoas sofrerá de malária, diarreia, exposição ao calor excessivo e subnutrição, sendo os mais vulneráveis crianças e idosos.

Dra. Maria Neira,
especialista da OMS
 para Saúde e Ambiente
 
"Entretanto, estamos otimistas. Sabemos que enfrentar as mudanças climáticas pode gerar enormes benefícios importantes e imediatos para a saúde. Chegou a hora de traduzirmos nosso conhecimento em ação".
Um jovem representante entrega a Declaração sobre as Mudanças Climáticas à Dra. Margaret Chan, Diretora-Geral da OMS. Foto: WHO/Violaine Martin
Fonte

Durante a abertura da Conferência sobre Saúde e Clima, a OMS ressaltou a importância de ouvir aos jovens.

Afinal, não fazer nada contra as mudanças climáticas é uma violação dos direitos das crianças.

A Rede ePORTUGUÊSe também esteve presente neste evento e observou de perto a relevância deste tema para todos nós! 

No comments: