Monday, November 17, 2014

16 de novembro: Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada



Acidente de carro









Os acidentes nas estradas matam cerca de 1,3 milhões de pessoas por ano e ferem ou incapacitam mais de 50 milhões. São a principal causa de morte entre jovens entre os 10 e os 24 anos.


Acidentes em estradas
Adotado na assembléia Geral das Nações Unidas em outubro de 2005, o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada celebra-se anualmente no terceiro domingo do mês de Novembro. É dedicado à memória dos muitos milhões de pessoas falecidas ou feridas em desastres de viação em todo o mundo. Presta também homenagem às equipes de emergência, à polícia e aos profissionais médicos que diariamente lidam com as consequências traumáticas desses acidentes.

Campanha
O espírito desta celebração é de que a evocação pública da memória daqueles que perderam a vida ou a saúde nas estradas e ruas nacionais significa um reconhecimento, por parte do Estado e da sociedade, da trágica dimensão da sinistralidade, e ajuda os sobreviventes a conviver com o trauma de memórias dolorosas resultantes de acidentes rodoviários. A morte e lesão por acidente de viação são ocorrências repentinas, violentas e traumáticas, e o seu impacto duradouro, por vezes, permanente. A cada ano, milhões de enlutados e vítimas de todo o planeta juntam-se aos muitos milhões que já sofrem em resultado de acidentes de viação.
A OMS e o Grupo de Colaboração das Nações Unidas para a Segurança Rodoviária encorajam os governos e organizações não governamentais em todo o mundo a comemorarem este dia como forma de chamar a atenção do público para os acidentes de viação, suas consequências, custos e as medidas que podem ser tomadas para evitá-los.



Homenagens as vítimas do trânsito
As projeções indicam que estes números vão aumentar em cerca de 65% nos próximos 20 anos, a menos
que exista um novo empenho na prevenção.



Ainda assim, a tragédia por trás destes números atrai menos a atenção dos mídia do que qualquer outro tipo de tragédia menos frequente.


Plano Global Rodoviário 2011-2020

Este ano, o mote do Dia da Memória evoca o terceiro pilar do Plano Global de Segurança Rodoviária 2011- 2020 – “Veículos seguros”. Para reduzir as mortes nas estradas no amanhã, não podemos deixar apagar a memória das vítimas de ontem, nem descuidar da segurança nos veículos de hoje. O excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes grave, causadora de mortes e feridos tanto para os pedestres quanto para as pessoas que estão dentro dos veículos.

Logo da campanha


Década de Ação para Segurança Viária 2011-2020: Abrace a Década do Trânsito Seguro


Em 10 de abril de 2014, a Assembléia Geral da ONU aprovou uma resolução sobre "Melhorar a segurança rodoviária global". A resolução foi patrocinado pelo Governo da Federação Russa e co-patrocinado por dezenas de outros países. Entre as principais decisões, a resolução saúda o oferecimento do Governo do Brasil para sediar a Segunda Conferência Ministerial Global sobre Segurança Rodoviária, em 2015; incentiva a inclusão da segurança rodoviária na agenda de desenvolvimento pós-2015; OMS convida a continuar a acompanhar os progressos na Década de Ação; e solicita organização da Semana Global da Segurança Rodoviária Terceiro ONU em 2015 sobre as crianças e a segurança rodoviária.

Assista o vídeo:


video

Fonte: 
estradaviva.org  
http://www.who.int/roadsafety/remembrance_day/en/
http://worlddayofremembrance.org/
http://worlddayofremembrance.org/



No comments: