Friday, May 01, 2015

Dia do Trabalhador - 1 de maio


Durante o século XVIII, a Inglaterra vivia a Revolução Industrial, que aos poucos se espalhou pela Europa, chegando posteriormente aos Estados Unidos.

A Revolução Industrial contribuiu enormemente para o crescimento dos grandes centros urbanos, trazendo milhares de operários para trabalharem nas recém criadas indústrias. 
No entanto passado a primeira euforia de ter emprego e desta forma poder sustentar suas famílias, os trabalhadores começaram a entender que as horas  de trabalho eram excessivas, as vezes 16 horas por dia, que eles tinham poucos direitos e o lucro da empresa era somente dos empregadores que em muitos casos, os tratavam como escravos.

Desta forma, foram surgindo os sindicatos e movimentos de trabalhadores, que educavam os trabalhadores e discutiam questões sociais.

Greves foram as principais formas dos trabalhadores exigirem melhorias no trabalho e aumento de salário e tornaram-se um instrumento de pressão forte.

1 de maio - Dia do Trabalho


Em 1886 na industrializada cidade de Chicago, Estados Unidos, trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia houve uma grande greve geral dos trabalhadores em todo os Estados Unidos.

Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. 

No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. 

O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas.


Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida em Paris no dia 20 de junho de 1889, criou-se o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano.

O Dia do Trabalho ou Dia Internacional dos Trabalhadores é celebrado anualmente em várias partes do mundo, sendo feriado em todos os paises da CPLP.



- Em Angola, este feriado só começou a ser celebrado após a independência de Angola, em 1975.

- No Brasil, com a chegada de imigrantes europeus, as ideias de princípios e leis trabalhistas vieram junto. Em 1917 houve uma greve geral, com o fortalecimento da classe operaria. Finalmente, em 1925 o dia 1º de Maio foi declarado feriado pelo presidente Artur Bernardes.

- Em Cabo Verde, o 1.º de Maio foi comemorado pela primeira vez em 1974, o mesmo ano que Portugal.

- Em Moçambique, durante o período colonial (até 1975), os moçambicanos estavam proibidos de celebrar o 1º de Maio em virtude da natureza repressiva do regime colonial português. Após a Independência Nacional, o Dia do Trabalhador é celebrado anualmente, e com o passar dos anos, com as reformas políticas, económicas e sociais que o país sofreu a partir de finais da década de 80, registrou-se um crescimento do movimento sindical em Moçambique.

- Em Portugal, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se comemora livremente o Primeiro de Maio e este passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração deste dia era reprimida pela polícia.

1 de Maio de 1974
“A história do Primeiro de Maio mostra, portanto, que se trata de um dia de luto e de luta, mas não só pela redução da jornada de trabalho, mais também pela conquista de todas as outras reivindicações de quem produz a riqueza da sociedade.” – Perseu Abramo


FONTE:

No comments: