sábado, fevereiro 06, 2010

6 de fevereiro: Dia Internacional de tolerância zero à mutilação Genital Feminina

A Mutilação Genital Feminina (MGF) é uma forma de violência e discriminação contra as mulheres de todas as idades e é reconhecida internacionalmente como uma violação dos Direitos Humanos. Infelizmente, 8.000 mulheres diariamente ainda sofrem com MGD.

Na seguinte imagem podemos ver a prevalência da MGF no Continente Africano:




No âmbito deste dia internacional, vai realizar-se um Seminário Internacional "Pelo Fim da MGF", em Lisboa. Este terá lugar na próxima 2ª feira dia 8 de fevereiro, entre as 9h e as 13 horas e conta com um conjunto de especialistas, responsáveis setoriais e ativistas nacionais e internacionais.

Portugal tem o mais recente Plano de Acção da União Europeia e Lisboa foi uma das 5 cidades escolhidas para apresentação da Estratégia Europeia que inclui propostas específicas em matéria de: Recolha de Dados, Saúde; Violência sobre a Mulher e Criança; Asilo e Cooperação para o Desenvolvimento.


Pelos direitos humanos de meninas e mulheres em todo o mundo é preciso eliminar, abandonar, prevenir, desencorajar e pôr fim à mutilação genital feminina.