Monday, May 09, 2011

Determinantes Sociais da Saúde

O que são os determinantes sociais da saúde?

Hoje em dia, ouve-se muito sobre isso, mas você já parou para pensar o que estas palavras realmente querem dizer?

A melhor forma de definir os Determinantes Sociais da Saúde ou (DSS) é entender que as condições sociais em que as pessoas vivem e trabalham são importantes e refletem na sua condição de saúde.

Os determinantes da saúde, ou "aquilo que reflete para bem ou mal" na saúde de uma pessoa está relacionado com as condições biológicas (genética), com as escolhas feitas por esta pessoa (conduta pessoal), com o ambiente em que a pessoa vive, (condições políticas, econômicas, sociais e culturais).

Para se promover a saúde deve-se entender a intrinsica relação entre estes fatores ou determinantes.


Para promover a discussão entre os países sobre a importância dos determinantes sociais da saúde, a Organzação Mundial da Saúde produziu um Relatório intitulado "Redução das Desigualdades no período de uma geração" e para difundir e aprofundar a discussão sobre o assunto a OMS juntamente com o governo do Brasil estão promovendo uma Conferência Mundial sobre os Determinantes Sociais da Saúde para incentivar os países a buscarem um compromisso político no sentido de reduzir as desigualdades em saúde.
Um dos objetivos desta conferência será compartilhar as experiencias exitosas e reforçar os mecanismos de aprendizagem e governança em diferentes contextos.

Aprenda sobre os principais
determinantes sociais da saúde



1 -  Pobreza, exclusão social, moradia precária e sistemas de saúde empobrecidos estão entre as principais causas sociais de doença.
Comissão sobre Determinantes Sociais da Saúde

2 - Diferenças na qualidade de vida dentro e entre países afetam o tempo de vida das pessoas.
Uma criança nascida no Japão tem a chance de viver 43 anos a mais do que uma criança nascida na Sierra Leone.
Fonte: Relatório Mundial da Saúde 2006

 
 3 - A probabilidade de um homem morrer entre os 15 e os 60 anos de idade é de 8,2% na Suécia, 48,5% na Federação Russa e de 84,5% em Lesoto.
Fonte: Relatório Mundial da Saúde 2006

 

 4 - Na Austrália, uma lacuna de 20 anos na esperança de vida ao nascer entre os Aborígines australianos e os povos das ilhas do Estreito de Torres, e a média australiana.

 

 5 - Cerca de 85% das mortes do mundo na estrada ocorrem em países de baixo e médio desenvolvimento.


   


6 - Em 2002, quase 11 milhões de crianças morreram antes de completarem cinco anos de vida.
98% dessas mortes ocorreram em países em desenvolvimento.



 

 7 - A iniquidade econômica é maior nos países em desenvolvimento. Estes representam mais de 80% da população do mundo.


 

8 - Poucos governos têm políticas explícitas para combater as desigualdades socias que afetam a saúde




Para saber mais consulte:

1 comment:

Márcio Fossari said...

While we don`t have any responsability for the expect results for health politics, we don`t known Where We can argue about, It's because this everybody has a idea about health system, without any expertise, but always with a lot of certain.