Thursday, April 02, 2015

Dia Mundial da Conscientização do Autismo - 2 de Abril

Campanha para a conscientização
 do autismo

Em 18 de dezembro de 2007, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, um dia marcado para a sensibilização mundial sobre esta realidade.





campanha de conscientização do autismo tem o laço de quebra-cabeça como símbolo do mistério e da complexidade do espectro do transtorno. As diferentes cores e formas representam a diversidade das pessoas e famílias vivendo com autismo. Seu brilho reflete a esperança de que por meio da conscientização do autismo, da intervenção precoce e de tratamentos adequados, pessoas com autismo poderão ter uma vida mais completa.




O Autismo é um termo geral usado para descrever um grupo de transtornos de desenvolvimento do cérebro, conhecido como “Transtornos do Espectro Autista” (TEA). O TEA são um conjunto de manifestações que afetam o funcionamento social, a capacidade de comunicação, implicam em um padrão restrito de comportamento e geralmente vem acompanhado de deficiência intelectual. O TEA é constituído pelo Autismo, a síndrome de Asperger e pelo transtorno global do desenvolvimento sem outra especificação.
Geralmente, as pessoas que fazem parte do TEA apresentam esses sintomas:
  1. Distúrbios no ritmo de aparecimentos de habilidades físicas, sociais e linguísticas
  2. Reações anormais às sensações. As funções ou áreas mais afetadas são: visão, audição, tato, dor, equilíbrio, olfato, gustação e maneira de manter o corpo
  3. Fala e linguagem ausentes ou atrasadas. Ritmo imaturo da fala, restrita compreensão de ideias. Uso de palavras sem associação com o significado.
  4. Relacionamento anormal com os objetivos, eventos e pessoas. Respostas não apropriadas a adultos e crianças. 
  5. Fobias, perturbações de sono ou da alimentação, crises de birra ou agressividade 

Alguns sintomas
É relevante salientar que nem todos os indivíduos com autismo apresentam os mesmos sintomas, pois o autismo se manifesta de forma única em cada pessoa. 
Existem muitos graus de autismo e, por exemplo, nem todos os autistas apresentam retardo mental.

Quanto mais cedo a criança for identificada e começar o treinamento de habilidades sociais, melhor será seu desenvolvimento. Atualmente já há a possibilidade de detectar a síndrome antes dos dois anos de idade em muitos casos. O tratamento do autismo vai depender da gravidade do déficit social, linguístico e comportamental do indivíduo. De um modo geral o tratamento tem 4 objetivos:
  1. Estimular o desenvolvimento social e comunicativo;
  2. Aprimorar o aprendizado e a capacidade de solucionar problemas;
  3. Diminuir comportamentos que interferem com o aprendizado e com o acesso às oportunidades de experiências do cotidiano; e
  4. Ajudar as famílias a lidarem com o autismo.


Mas quais são as causas? Evidências científicas sugerem que diversos fatores, genéticos e ambientais, contribuem para o aparecimento de transtornos do espectro do autismo, influenciando o desenvolvimento inicial do cérebro. Alguns dos fatores de risco são: ter pais mais velhos, nascer prematuro, efeito de algumas drogas tomadas durante a gravidez.

Fonte da foto
E por que o autismo atinge mais os meninos que meninas? De fato, no caso do espectro de vários tipos de autismo, há quatro vezes mais homens do que mulheresUm estudo recente demonstrou que o motivo da diferença está na genética. A explicação é que se viu agora é que as mulheres têm mais resistência do que os homens quando se trata de acumular mutações genéticas nocivas. Os "defeitos" nos genes que bastam para causar os problemas precisam estar em bem maior quantidade nas mulheres para produzir o mesmo efeito nocivo nos homens.

Em preparação ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, o Secretário-Geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, diz que é importante enfrentar o estigma, a falta de consciência e a inadequação das estruturas de apoio em torno de um distúrbio que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que afeta aproximadamente um por cento da população mundial

No dia 2 de abril... INFORME-SE sobre o autismo e DIVULGUE a campanha de conscientização entre seus amigos e familiares.


Bibliografia:
  • http://www.cdc.gov/ncbddd/autism/data.html
  • http://www.who.int/features/qa/85/en/
  • http://www.psicologiaeciencia.com.br/autismo-um-breve-historico/
  • http://autism.lovetoknow.com/what-is-autism/how-many-people-are-affected-by-autism-worldwide
  • http://www.un.org/en/events/autismday/background.shtml
  • http://saude.terra.com.br/doencas-e-tratamentos/autismo-pesquisador-lista-10-coisas-que-voce-precisa-saber,01490bce596b3410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html
  • http://delas.ig.com.br/filhos/2013-08-29/mitos-e-fatos-sobre-criancas-autistas.html
  • http://corautista.org/brasil-destaque-no-mundiial-do-autimos.html
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_de_Conscientiza%C3%A7%C3%A3o_do_Autismo
  • http://www.fpda.pt/dia-mundial-da-consciencializacao-do-autismo-2014
  • http://www.nichd.nih.gov/health/topics/autism/conditioninfo/pages/at-risk.aspx


No comments: