Monday, January 20, 2014

A Arte em Portugal

Portugal possui uma grande herança cultural! A arte portuguesa surgiu na época pré-histórica e foi fortemente influenciada por diversos povos e costumes ao longo dos anos. As eras das invasões romanas e árabes, assim como as sociedades que as precederam, deixaram os seus vestígios em todo o território português.

Templo de Diana

Conímbriga
Alguns exemplos das preciosidades culturais do país são: as pinturas rupestres da Gruta do Escoural, localizada no município alentejano de Montemor-o-Novo; a cidade romana de Conímbriga, localizada na freguesia de Condeixa-a-velha; o Templo de Diana em Évora, considerado um dos maiores exemplos da arte religiosa romana em Portugal; e a arquitetura com traços árabes nas cidades de Olhão e Tavira.


Ao longo de séculos, as artes em Portugal sofreram ainda mais influências externas,  como as flamengas, francesas e italianas. As viagens dos descobridores portugueses abriram caminho às inspirações orientais e à revelação do ouro e pedras preciosas, que estimularam o desenvolvimento barroco na arquitetura e na decoração.

A literatura portuguesa também foi celebrada desde muito cedo e é caracterizada por uma diversidade de poesia lírica e prosa.

Versão restaurada
Os Lusíadas, 1572
Os cancioneiros são a evidência de uma escola de poesia de amor que se difundiu com a respectiva língua por toda a Espanha, numa época em que a literatura espanhola ainda não tinha adquirido aspectos líricos.

A obra épica portuguesa mais importante é, sem dúvida, Os Lusíadas, uma obra-prima escrita por Luís Vaz de Camões e que foi impressa pela primeira vez em 1572.

A lírica medieval, as peças de Gil Vicente, os versos que descrevem o campo, a prosa do século XVI e, acima de tudo, Os Lusíadas, são expressões de uma identidade nacional fortemente definida.

Em relação a literatura portuguesa do século XX e XXI, é importante mencionar o célebre escritor José Saramago (1922–2010), que com seu estilo único recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1998.

Este escritor foi um dos maiores nomes da prosa contemporânea, sendo conhecido pela sua escrita controversa que apresentava, muitas vezes, uma perspectiva subversiva e alternativa de eventos históricos.

Outro autor de grande importância para a literatura portuguesa é o poeta, escritor e jornalista Fernando Pessoa (1888–1935), considerado uma das figuras literárias excepcionais do século XX. Pessoa criou uma imensa obra durante a sua vida, na sua voz e na voz de pseudônimos, mantendo-se até hoje como um dos nomes portugueses mais admirados.

No quesito música, o Fado é o grande destaque, sendo  um verdadeiro tesouro musical nacional. É o gênero musical que mais evoca o espírito português.

O fado engloba vários estilos e temas, mas é caracterizado principalmente pelas letras melancólicas e sentimentais.

Existem dois tipos de Fado: um originário dos bairros lisboetas de Alfama e da Mouraria, e outro de Coimbra, na região-centro de Portugal.

O Fado de Lisboa é mais familiar e cheio de sentimento, enquanto o Fado de Coimbra tem um teor mais acadêmico que reflete as tradições universitárias da cidade. É tradicionalmente cantado por homens durante a noite e nas Serenatas, podendo muitas vezes ser ouvido nas ruas e praças da cidade.

Em 2011, o Fado foi classificado como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Para saber mais sobre este gênero musical e ouvir um pouquinho deste patrimônio português, clique aqui

Delicioso bacalhau português
E por fim, a gastronomia… Portugal também conquista seus visitantes pelo paladar. Internacionalmente conhecido pelos seus pratos de bacalhau e vinhos fortificados, como o vinho do Porto e o vinho da Madeira, Portugal garante uma experiência gastronômica inesquecível.

A cultura e a tradição vinícolas, no entanto,  encontram-se por todo o país. A região do Douro tornou-se uma das regiões mais famosas do mundo graças aos seus vinhos DOC. Tal como acontece com os conceituados châteaux da França, pode-se encontrar vinhos fantásticos originários das Quintas do Douro. 



Bibliografia:

http://www.visitar-lisbon.com/pt/music/amalia-rodrigues.html
http://www.portaldaliteratura.com/literatura.php
http://www.ochicharo.com/

No comments: