Monday, April 07, 2014

Dia Mundial da Saúde 7 de Abril

Mais de metade da população está em risco de adquirir doenças transmitidas por vetores como malaria, dengue, leishmaniose, doença de Lyme, schistosomíase e febre amarela.

Todos os anos, mais de um bilhão de pessoas são infetadas e mais de um milhão morrem de doenças transmitidas por vetores. 

Neste Dia Mundial da Saúde, 7 de Abril, a OMS destaca a ameaça séria e crescente das doenças transmitidas por vetores, com o slogan “pequenas picadas, grandes ameaças”.



A OMS realça ainda que estas doenças são inteiramente evitáveis.
Doenças transmitidas por vetores afetam as populações mais pobres, particularmente quando há falta de acesso a habitações adequadas, saneamento e água potável. As pessoas malnutridas e com sistema imunitário enfraquecido são especialmente suscetíveis.
Para além das doenças doenças mais conhecidas, também fazem parte deste grupo a encefalite japonesa, chikungunya, filariose linfática, oncocercose, febre hemorrágica de Crimeia-Congo, encefalite e outras doenças transmitidas por carraças e doença de Chagas.

Schistosomíase, transmitida por caracóis, é a mais generalizada das doenças transmitidas por vetores, afetando quase 240 milhões de pessoas em todo o mundo. As crianças que vivem e brincam perto de águas infestadas são particularmente vulneráveis a esta doença que pode causar anemia e diminuição na capacidade de aprendizagem. Schistosomíase pode ser controlada com tratamento regular em massa de grupos em risco, com medicamento seguro e eficaz, bem como através da melhoria de acesso a água potável e saneamento.

caracóis
Nas últimas décadas, muitas doenças transmitidas por vetores re-emergiram ou espalharam para novas partes no mundo. Mudanças no ambiente, o aumento massivo no comércio e nas viagens internacionais, mudança na prática agrícola e urbanização rápida podem estar na causa do aumento em número e áreas afetadas por vários vetores, tornando novos grupos populacionais vulneráveis.
O dengue, por exemplo, pode ser encontrado em 100 países, pondo em risco mais de 2,5 bilhões de pessoas – mais de 40% da população mundial. Dengue foi recentemente reportado na China, em Portugal e nos Estados Unidos.
Controlo de vetores continua a ser uma das ferramentas mais importantes na prevenção de surtos de doenças.

locais de reprodução para mosquitos que transmitem dengue e malária
Neste Dia Mundial da Saúde 2014, a OMS apela a um esforço maior e renovado para o controlo de vetores, fornecimento de água segura, saneamento e higiene.


Informe-se melhor sobre este tema com o documento “A global brief on vector-borne diseases” (em inglês): http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2014/global-brief/en/

Para mais informações sobre este Dia Mundial da Saúde, consulte o website da OMS: http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2014/en/

No comments: