Wednesday, May 14, 2014

Património Mundial Cultural - Brasil

Centro histórico de Ouro Preto (1980)
Ouro Preto
Fundado no final do século XVII, Ouro Preto foi o ponto focal da corrida ao ouro e da idade do ouro do Brasil no século XVIII. Com o esgotamento das minas de ouro no século XIX, a influência da cidade decaiu mas muitas igrejas, pontes e fontes permanecem como testemunhos da prosperidade passada e do talento excecional do escultor barroco Aleijadinho.


Centro histórico de Olinda (1982)
Fundado por portugueses no século XVI, a história da cidade está ligada à indústria da cana de açúcar. Saqueado por holandeses, foi posteriormente reconstruída, sendo a estrutura urbana do século XVIII. O equilíbrio harmonioso entre construções, jardins, 20 igrejas barrocas, conventos e pequenos passos contribuem para o charme particular de Olinda.

Olinda
Missões Jesuítas de Guaranis: San Ignacio Mini, Santa Ana, Nuestra Señora de Loreto e Santa Maria Mayor (Argentina), Ruínas de São Miguel das Missões (Brasil) (1983)
Missões Jesuítas de Guaranis
As ruínas São Miguel das Missões em Brasil ficam no coração da floresta tropical. São o remanescente de cinco missões jesuítas, construídas em Guaranis durante os séculos XVII e XVIII, cada um caracterizado por uma forma específica e um diferente estado de conservação.


Centro histórico de Salvador de Bahia (1985)
Como a primeira capital do Brasil, de 1549 a 1763, Salvador de Bahia foi palco de mistura entre as culturas europeia, africana e Indiana. Foi também o primeiro mercado de escravos que chegavam para trabalhar nas plantações de açúcar. Muitos edifícios renascentistas prominentes foram preservados. Uma das características da cidade antiga são as casa de cores vivas, muitas decoradas com estuque trabalhado.

Salvador de Bahia
Santuário de Bom Jesus do Congonhas (1985)
Congonhas
Este Santuário situado em Minais Gerais, a sul de Belo Horizonte, foi construído na segunda metade do século XVIII. Consiste numa igreja com interior magnífico estilo Rococo, de inspiração italiana; um lanço de escadas exteriores com estátuas de profetas; sete capelas ilustrando a Via Crúcis, onde esculturas policromáticas, obras de Aleijadinho, constituem obras-primas de arte barroca na sua forma mais original, comovente e expressiva.


Brasília (1987)
Brasília, a capital do Brasil criada em 1956 no centro do país, é um marco na história do planeamento urbano. Lúcio Costa e Oscar Niemeyer pretendiam que todos os elementos, desde traço das zonas residenciais e administrativas (muitas vezes comparado à forma de uma ave em pleno voo) até à simetria dos próprios edifícios, estivessem em harmonia com o design geral. Os edifícios officias são, em particular, inovadores e imaginativos.

Brasília
Parque Nacional da Serra da Capivara (1991)
Muitas das cavernas rochosas do Parque Nacional da Serra da Capivara estão decorados com pinturas, algumas com mais de 25 mil anos. São uma testemunha marcante de uma das comunidades humanas mais antigas da América do Sul.

Pinturas milenares, Serra da Capivara
Centro histórico de São Luís (1997)
A parte histórica cidade foi fundado pelos franceses últimos anos do século XVII. Posteriormente, foi ocupado por holandeses antes do domínio dos portugueses. O coração da cidade conservou inteiramente o plano retangular das ruas. Um número excecional de construções históricas permanecem fazendo deste um exemplo de cidade colonial ibérica.

São Luís
Centro histórico de Diamantina (1999)
Diamantina, uma vila colonial, uma jóia num colar de montanhas rochosas inospitáveis, como a exploração de diamantes no século XVIII. Esta vila mostra o triunfo do fervor pela cultura e arte sobre o ambiente arredor.

Diamantina
Centro histórico de Goiás (2001)
Goiás mostra a ocupação e colonização do Brasil central nos séculos XVIII e XIX. O traço urbano é um exemplo do desenvolvimento de uma vila mineira, adaptado às condições do local. Apesar de modesto, a arquitetura privada e pública forma um todo harmonioso, graças ao bom uso do material local e técnica vernacular.
Goiás
Praça de São Francisco em São Cristóvão (2010)
Praça de São Francisco
Praça de São Francisco em São Cristóvão é um espaço aberto quadrilateral, rodeado por construções antigas como a Igreja de São Francisco Church e o convento, a igreja e a Santa Casa da Misericórdia, Museu Histórico de Sergipe - antigo Palácio Provincial, e as casas associadas de períodos históricos diferentes. Este conjunto monumental, juntamente com as casa centenárias dos séculos XVIII e XIX, criam uma paisagem urbana que reflete a história da cidade desde a sua origem. O complexo Franciscano é um exemplo típico de arquitetura da ordem religiosa desenvolvida no nordeste do Brasil.

Rio de Janeiro: Carioca Paisagens entre a Montanha e o Mar (2012)

O local consiste num cenário urbano, englobando elementos naturais chave que conduziram e inspiraram o desenvolvimento da cidade: do ponto mais elevado das montanhas do Parque Nacional Tijuca até o mar. Inclui também o Jardim Botânico, estabelecido em 1808, o Monte Corcovado com a célebre estátua de Cristo, e as colinas à volta da Baía Guanabara, onde as paisagens contribuem para a cultura ao ar livre desta cidade espetacular. Rio de Janeiro também é reconhecida pela inspiração artística que fornece a músicos, paisagistas e urbanistas.

Estátua de Cristo
Bibliografia:
http://whc.unesco.org/en/list/

1 comment:

Newton Avelino said...

Eu acho que todo Brasileiro deveria conhecer melhor o Brasil antes de sair para conhecer outros países. O Brasil tem coisas maravilhosas para ser ver e se aprender mais sobre nós mesmo. Gostei muito do seu blog pelo que ele se propôs a mostrar.

www.aartedenewtonavelino.com

Newton Avelino(Artista plástico)